(19) 2112-7760
(19) 99446-1403

Dicas IC - Processo Seletivo

Conseguir um emprego nos dias de hoje não é uma tarefa fácil, todos sabemos. Mercado de trabalho disputado, vagas insuficientes e alta competitividade é a realidade encontrada pela maioria dos profissionais em busca de recolocação.

Trabalhando com seleção de pessoas, faço parte de diversos grupos de WhatsApp e de Empregos em Redes Sociais para anunciar vagas e selecionar candidatos. É comum encontrar pessoas relatando sobre as dificuldades de se recolocar e do longo período que se encontram desempregadas.

Fazendo um paralelo com o cenário que encontro ao selecionar profissionais, resolvi escrever este texto, independente das críticas ou julgamento que possam fazer. Quem tiver maturidade para levar pelo lado positivo e aprender, provavelmente terá mais chances de encontrar uma nova oportunidade.

Tem muita gente indo despreparada pra entrevista. Falando o que não deve, falando mal do antigo empregador, do antigo chefe. Sabemos que falar a verdade é regra, mas isso não significa que devemos falar demais.

Também tem muita gente indo à processos seletivos com a aparência inadequada: roupa amarrotada, cabelo bagunçado, barba por fazer, sandália rasteira no pé, calça de moletom (!!!) e até com a aparência de quem acabou de acordar e está desinteressado. Não podemos ser hipócritas para achar que quem está avaliando não irá reparar na imagem pessoal que o profissional passa.

Outro ponto muito importante: a forma de envio do CV. Não enviem foto do CV. Digitem o arquivo em Word, salvem em PDF (pois Curriculum é um documento) e enviem. Tem gente que manda foto do próprio Currículo todo amassado com a foto deitada...). Se o candidato não tem capricho pra enviar um CV, terá com o novo emprego?

Outra dica: coloquem os períodos reais que ficam em cada emprego. Na hora que conferimos as datas com a carteira de trabalho e tem diferença, temos a impressão que o candidato mentiu. Caso tenham ficado períodos sem registro, já avisem na entrevista e deem referências do empregador para confirmação.

Sejam proativos em testes e dinâmicas, não se limitem a responder apenas o que o recrutador perguntou. Sejam pontuais: não cheguem em cima da hora e nem cedo demais para a entrevista. 15 minutinhos antes está excelente!

Tenham cuidado com erros de português ao preencher fichas e fazer redações (muito cuidado! Se não souberem ao certo como escrever ou como empregar uma palavra, substituam por outra). Aquela “anCiedade” (com C) pode te excluir do processo seletivo.

Cuidado com as redes sociais. Ultimamente, quando postamos vagas de emprego, aparecem inúmeras pessoas questionando que não foram chamadas e até os critérios de seleção aplicados. Vejam bem: muitas vezes recebemos cerca de 700 CVs para uma vaga, é impossível chamar todos para entrevista. Então temos que avaliar os candidatos que mais se adequam ao perfil da empresa, experiências anteriores, escolaridade... E sobre os critérios de seleção e requisitos solicitados, cabe ao empregador definir. Dia desses publicamos uma vaga e uma moça criticou requisitarmos nível universitário para aquela função. Cabia à ela decidir isso?! Que imagem ela transmitiu com o questionamento? Será que era realmente necessário comentar ou ela poderia simplesmente ignorar o anúncio e procurar por outros condizentes com sua formação ou interesse?!

Evitem chamar inbox pedindo informações sobre a vaga. As empresas nem sempre tem alguém disponível para responder às redes sociais e muitas vezes quem responde não tem todas as informações pois é apenas responsável pelo Marketing.

Ahhhh, e o último e mais importante ponto: ATENDAM O CELULAR!!! Hoje em dia, quando vamos chamar candidatos para processos seletivos, cerca de 80% dos selecionados não atendem o celular. Podem estar ocupados? Claro! Porém quando chamamos no WhatsApp respondem prontamente... Quem procura emprego tem que estar disponível e atento.

Espero que possam aproveitar e entender o ponto de vista dos recrutadores. Desejo que em breve estejam recolocados e realizando um trabalho satisfatório e realizador. Boa sorte!


Por: Janaína Chamma

Desenvolvido por: FFDEVWEB